Google+
08.jpg

M uitas vezes sonhamos sozinhos, mas sonhos também se alimentam a dois, a três e, assim, torna o alcance dos objetivos mais palpável. E como disse Raul Seixas, na letra chamada Prelúdio, ‘sonho que se sonho só é só um sonho, mas sonha que se sonha junto é realidade’.

E ao longo da caminhada, a Casa Pequeno Davi vem tornando realidade vários sonhos e a promoção dos direitos garantidos às crianças e adolescentes, por meio das parcerias.

O exemplo mais recente veio da loja de instrumentos musicais O Tamborim de Ouro, na pessoa do empresário Sérgio Maciel, com a doação de um violino. O instrumento vai proporcionar a ex-educanda da Oficina de Música, Yasmin Luna, a continuidade dos seus estudos no curso Instrumento musical Integrado, no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFPB).

Com quinze anos, Yasmin ingressou no curso em 2017, mas como a maioria dos estudantes da rede pública de ensino, enfrenta os desafios impostos pelas condições financeiras da família. Estava prestes a desistir do seu sonho de estudar música no Instituto Federal porque não tinha como adquirir um instrumento. Agora, com esse grade presente doado pela empresa parceira, ela vai poder seguir em frente com seu sonho adquirindo e aprofundando novos conhecimentos na área musical.

A colaboração de pessoas ou empresas na realização dos objetivos de vida pessoal ou profissional faz a diferença a partir de pequenos gestos. Como lembrou a adolescente, há pessoas, organizações e empresas que querem um futuro melhor. E cita a Casa Pequeno Davi como referência em sua vida.

“Vemos que há empresas, que há pessoas, que querem um futuro melhor. A Casa Pequeno Davi tem uma importância grande em minha vida, sempre terei uma enorme gratidão por tudo. Agradeço também a Sérgio, por ter feito a doação do instrumento e por ter ido fazer a entrega pessoalmente. Fiquei muito feliz. Que cada vez mais, pessoas tenham a capacidade de ajudar” , disse Yasmin.

Reconhecer que podemos fazer muito pelo outro é um passo para o crescimento em rede, somando forças para um mundo melhor. “É como se você sentisse que mais pessoas acreditam no seu potencial, vemos que tem pessoas que querem ajudar cada vez mais pessoas construírem sonhos. Não falo só por mim, falo no geral mesmo”, acrescenta.


32 anos construindo cidadania

De forma direta e indireta, há mais de três décadas,mais de 10 mil crianças, adolescentes e jovens, com faixa etária entre 06 e 24 anos, participaram das atividades promovidas pela Casa Pequeno Davi. No decorrer desses anos, a Casa Pequeno Davi tem promovido mudanças significativas na vida de crianças, adolescentes e jovens, através de ações relevantes para o bem-estar e a melhoria da qualidade de vida, com foco no desenvolvimento pessoal, educação, trabalho e cultura de paz. Há, em todas estas áreas, evidências do benefício promovido pela instituição às crianças e adolescentes, tanto no aspecto existencial como nas relações familiares, de cidadania e desenvolvimento.

“Sabemos que estamos fazendo a diferença quando presenciamos gestos de transformação da realidade como este. Uma adolescente que precisa de apoio para levar seu sonho adiante; uma organização que acredita nas pessoas e mobiliza outras pessoas para realizar esse sonho; um empresário que se sensibiliza e aposta em um futuro de cidadania. Isso é a síntese do que vivemos e o melhor combustível para seguirmos com energia fazendo cada vez mais e melhor na direção de nossa missão institucional”, disse Mirley Jonnes, técnico da Casa Pequeno Davi.

A Casa Pequeno Davi é feita com amor, responsabilidade e transparência, mas precisa de recursos para continuar e qualificar permanentemente a sua atuação. Por isso a sua participação é fundamental. Contamos com a sua contribuição para a construção da cidadania de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade pessoal e social, seja através da educação, das artes ou do esporte. Participe dessa história de oportunidades da forma que você puder e quiser.

{ 0 comments }

A campanha “A nossa comunidade tem a nossa voz”, uma das ações do projeto ‘Organizações da sociedade civil do Nordeste incidindo sobre mecanismos de participação e controle social para a efetivação de políticas públicas’, com foco no fortalecimento institucional das organizações para uma presença ativa junto aos mecanismos de participação social e transparência pública na região Nordeste, com recorte nos estados da Paraíba e Ceará.
O ‘Projeto Organizações da sociedade civil do Nordeste incidindo sobre mecanismos de participação e controle social para a efetivação de políticas públicas’ é desenvolvido através da parceria da Casa Pequeno Davi com as organizações Rede de Educação Cidadã (Recid), Instituto Frei Beda de Desenvolvimento Social, com atuação no Sertão paraibano, ONG Menina Feliz, que atua em Campina Grande e a United Purpose, com co-financiamento da União Europeia.

Acesse o vídeo e compartilhe! Campanha ‘Quando o povo se junta… o poder se espalha’

{ 0 comments }

N esta quinta, 03 de agosto, vai ser lançado em João Pessoa, o Projeto Ilha de Direitos – Fase II: estratégias em advocacy pela infância, às 8h30, no Centro de Formação e Vivência, na Ilha do Bispo, João Pessoa. O projeto é realizado pelo Instituto Intercement com a execução das atividades pela Casa Pequeno Davi, em parceria com a Rede Amiga da Ilha.

A infância é uma etapa importante no desenvolvimento e as experiências dessa época são levadas para o resto da vida, desde a gestação ao desenvolvimento do bebê, período de desenvolvimento físico e cognitivo da criança. Mais do que isto, é um período onde o ser humano desenvolve-se psicologicamente, envolvendo graduais mudanças no comportamento da pessoa, na aquisição das bases de sua personalidade e na percepção dos espaços de vivências.

Nesse cenário que a Convenção sobre os Direitos da Criança e o Estatuto da Criança e do Adolescente expressam o direito de toda criança ao acesso as políticas públicas de saúde, educação, assistência social e de direitos, e seus princípios consagrados como o direito à vida, à liberdade, as obrigações dos pais, da sociedade e do Estado em relação à criança e adolescente norteiam na busca de um desenvolvimento integral, seguro e saudável das crianças.

Assim, um projeto construído por várias mãos e compromisso, o Projeto Ilha de Direitos FASE II, busca promover, através das ações em Advocacy, a implementação e o fortalecimento das políticas públicas e serviços ofertados na comunidade da Ilha do Bispo, no município de João Pessoa/PB, por meio da formação dos atores do Sistema de Garantia de Direitos, contribuindo na melhoria dos atendimentos infância e às famílias no território diretamente mais de 200 crianças e 600 de forma indireta.
São parceiros no Projeto com o Instituto Intercement, o Conselho de Desenvolvimento Comunitário (CDC), Fábrica,ARCA,Amazona, CRAS, CREI, Escolas – Estadual e Municipal, Escolinha Luz do Mundo, Usf, Igreja Nosso Senhor do Bonfim, Rede Sócio Assistencial Amiga Ilha do Bispo.

Programação

* Ballet – Crianças da Casa Pequeno Davi
* Cuidado com Alimentação Saudável – Crianças do CREI (Creche)
* Fala dos/as representantes das instituições
* Exposição do vídeo Resgate do Projeto Ilha de Direitos – Fase I
* Apresentação do Projeto Ilha – Fase II
* Entrega Oficial do Book Fotográfico do Bebê com Microcefalia
* Encerramento com apresentação – Os direitos das crianças no ECA/ Campanha dos 27 anos do estatuto com crianças da escolinha luz do mundo

{ 0 comments }

Organizações lançam projeto com foco na participação cidadã em prol das políticas

by @administracao 25.07.2017

F rente ao contexto atual de desafios expostos para a sustentabilidade das organizações e movimentos sociais a Casa Pequeno Davi e a Rede de Educação Cidadã (Recid) lançam a campanha […]

+

Celebrando avanços e conquistas do ECA: por nenhum direito a menos

by @administracao 14.07.2017
Thumbnail image for Celebrando avanços e conquistas do ECA: por nenhum direito a menos

A Casa Pequeno Davi celebrou com arte e cultura o aniversário do Estatuto da Criança e do Adolescente. Foi um momento para lembrar e refletir sobre a Lei 9.089/90 que […]

+

Campanha dos 27 a os ECA: por nenhum direito a menos

by @administracao 12.07.2017
Thumbnail image for Campanha dos 27 a os ECA: por nenhum direito a menos

No dia 13 de julho vai ser lançada a campanha ‘‘27 anos de conquistas do Estatuto da Criança e do Adolescente: por nenhum direito a menos’’, às 9 horas, no […]

+

Inscrições abertas para o Selo UNICEF Município Aprovado

by @administracao 11.07.2017
Thumbnail image for Inscrições abertas para o Selo UNICEF Município Aprovado

O Fundo das Nações Unidas para a Infância – UNICEF está com as inscrições abertas para o Selo Município Aprovado – edição 2017-2020. As inscrições poderão ser feitas até o […]

+

#ÉProibidoCochilar

by @administracao 26.06.2017
+

Campanha ‘É Proibido Cochilar’

by @administracao 21.06.2017
Thumbnail image for Campanha ‘É Proibido Cochilar’

A exploração sexual é uma das piores formas de trabalho infantil segundo OIT A exploração sexual é uma das piores formas do trabalho infantil segundo classificação da organização Internacional do […]

+

MPT pede apoio da sociedade em campanha de combate ao trabalho infantil

by @administracao 29.05.2017

P elo segundo ano, o Ministério Público do Trabalho na Paraíba (MPT-PB) ganha a adesão de artistas em campanha contra a exploração do trabalho infantil. O lançamento da campanha acontecerá […]

+
Google+