Google+
05.jpg

Compartilhamento de boas práticas, formação e suporte técnico são algumas das ações disponibilizadas aos municípios inscritos no Selo UNICEF

Julho de 2020 – Em resposta à tendência de interiorização da pandemia de Covid-19, o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) e seus parceiros intensificarão a atuação no Semiárido brasileiro. A iniciativa visa fortalecer as gestões municipais e garantir a continuidade de serviços essenciais direcionados a crianças e adolescentes mesmo em um cenário de distanciamento social. Os 1.280 municípios já inscritos no programa Selo UNICEF terão acesso a formações, suporte técnico e compartilhamento de boas práticas de saneamento para volta de serviços, entre outras ferramentas. Na Paraíba, a ação poderá alcançar 169 municípios e conta com o apoio da Casa Pequeno Davi (CPD).

Embora crianças e
adolescentes não sejam os mais diretamente afetados pelo coronavírus, são eles os
que mais sofrem de maneira indireta. O isolamento social e o fechamento de
escolas afetam a educação, a saúde mental e mesmo o acesso a serviços básicos
de saúde. A ameaça de violência também é maior em situações de calamidade e
emergências. “Crianças e adolescentes são vítimas ocultas da pandemia. Nossa
intenção é manter a parceria e trabalhar junto aos municípios para garantir a
continuidade ou implementação de ações essenciais nos municípios. É preciso
reduzir o avanço do vírus e o impacto nas crianças”, destacou Dennis Larsen,
chefe do UNICEF para o Semiárido.

Entre as ações
prioritárias estão a continuidade de serviços de vacinação, a elaboração e
implantação de estratégias para garantir educação, o desenvolvimento de planos
para a reabertura de escolas no momento apropriado e o fortalecimento do
sistema de saneamento municipal, de forma a garantir a consolidação das medidas
de higienização e prevenção de transmissão do coronavírus. Outro ponto
destacado por Larsen é o apoio às equipes municipais dos Conselhos Tutelares e
da Assistência Social para prevenção e encaminhamento dos casos de violência
contra meninas e meninos.

As populações
mais vulneráveis, como crianças e adolescentes pobres, em situação de rua, em
abrigos e unidades sócio educativa, comunidades indígenas, quilombolas,
migrantes e refugiados também terão atenção especial. “Vamos aproveitar o elo
que já temos com os municípios, por meio da implementação do Selo UNICEF, para
contribuir com esse enfrentamento à pandemia no interior. É importante que os
municípios continuem mobilizados para receber, multiplicar e aplicar as
informações e os conteúdos compartilhados”, reforça Maria das Graças Lima,
coordenadora de projetos da Asserte, parceira implementadora do Selo UNICEF.

Pela agenda
inicial desta edição do Selo UNICEF (2017-2020), os ciclos de capacitação já
estariam concluídos, assim como o suporte programático, que visa o apoio na
execução de ações que já são responsabilidade da gestão municipal. Diante da
pandemia, as ações terão continuidade. Nesse sentido, o UNICEF está em contato
com os municípios para sensibiliza-los e manter as equipes mobilizadas para a manutenção
da parceria e resposta à pandemia. Os cursos já disponíveis, a agenda de
formações e outros conteúdos programáticos serão divulgados em breve. Também há
uma seção especial sobre Covid-19 na página do UNICEF Brasil (www.unicef.org.br). 

Selo UNICEF – O Selo UNICEF é uma
estratégia do UNICEF para fortalecer as políticas públicas e reduzir as
desigualdades que afetam a vida de crianças e adolescentes em municípios
brasileiros da Amazônia e do Semiárido. A Edição 2017-2020 conta com a
participação de 1.924 municípios de 18 estados brasileiros, que assumiram junto
ao UNICEF o compromisso de priorizar e garantir os direitos de meninas e
meninos previstos na Convenção sobre os Direitos da Criança e no Estatuto da
Criança e do Adolescente (ECA). Nesse período, os gestores e técnicos
municipais tiveram acesso a formações, conteúdos e outras ferramentas que
buscam contribuir e acelerar a realização dessas responsabilidades. Mais
informações sobre o Selo UNICEF:  www.selounicef.org.br

Na Paraíba, a Casa Pequeno Davi, organização da sociedade civil, durante varias edições do SELO UNICEF, tem se configurado como importante parceiro nesta ação. Atualmente acompanhado 142 municípios do estado que aderiu e desenvolvem ações importantes referente a política de atendimento ao público de crianças e adolescentes.  Nesse momento de pandemia o UNICEF tem atuado com responsabilidade e compromisso, que se concretizam nesse momento com ações voltadas especificamente à saúde e proteção, temas dos cursos de orientação e capacitação que serão oferecidos aos municípios, com a convicção de que uma vida importa e muitas precisam ser cuidadas.

Sobre o UNICEF – O Fundo das
Nações Unidas para a Infância (UNICEF) promove os direitos e o bem-estar de
cada criança em tudo o que faz. Com seus parceiros, trabalha em 190 países e
territórios para transformar esse compromisso em ações concretas que beneficiem
todas as crianças, em qualquer parte do mundo, concentrando especialmente seus
esforços para chegar às crianças mais vulneráveis e excluídas. Visite www.unicef.org.br.

{ 0 comments }

Videoclipe com a música de Léo Meira: presente de aniversário da Casa Pequeno Davi

A Casa Pequeno Davi foi homenageada pelo músico e professor da Universidade Federal da Paraíba, Léo Meira com a letra para um jingle. A música acabou virando um videoclipe com momentos da instituição, do atendimento direto às crianças e adolescentes por meio das oficinas de de Artes Visuais, Música, Dança, Inclusão digital, Ludo pedagógico,  Contação de História, Esporte e Recreação.

O videoclipe está disponível no canal do Youtube: https://youtu.be/es8K8UcUcOY

Nesses 35 anos, o trabalho da instituição é realizado por meio de  atividades pedagógicas, oficinas de arte-educação, esporte e recreação.  As crianças e adolescentes também participam de atividades de formação temáticas (Direitos Humanos, trabalho infantil, abuso e exploração sexual, cultura de paz, meio ambiente, etnia) entre outras.

{ 0 comments }

Nesse tempo que estamos comemorando 35 anos de existência, queremos celebrar a vida mais que nunca. A vida dessa instituição, das pessoas que a fazem seguir em frente, a vida dos públicos que atendemos, a vida de todas e todos que passaram e estão conosco e a todas/os os amigas/os e parceiros.

Celebrar e agradecer a vida de todas essas pessoas  que lutam por uma existência mais justa e digna por direitos humanos em uma caminhada de 35 anos.Por isso sua participação é fundamental! Você faz parte dessa história.

Venha celebrar conosco, de uma forma diferente diante das circunstância do distanciamento social! Vai ser dia 1º de agosto de 2020, às 16 horas.

{ 0 comments }

Casa Pequeno Davi: construindo futuros

by @administracao 20.07.2020

A Casa Pequeno Davi é uma organização da sociedade civil sem fins econômicos, que desenvolve atividades educacionais com crianças e adolescentes, do Bairro Roger e adjacências do Terminal Rodoviário, em […]

+

É proibido cochilar: denuncie o trabalho infantil

by @administracao 22.06.2020

Campanha lançada em 2017: foco continua atual. Depois de três anos, a Casa Pequeno Davi volta a veicular a campanha “É proibido cochilar” realizada em parceria com o Fórum Estadual […]

+

Não ao Trabalho Infantil

by @administracao 17.06.2020

No dia 03 de junho foi lançada, nas redes sociais a nova campanha nacional de combate ao trabalho infantil realizada pelo Ministério Público do Trabalho (MPT), Tribunal Superior do Trabalho […]

+

UNICEF inicia capacitações online com gestores municipais

by @administracao 06.05.2020

UNICEF inicia capacitações online com gestores municipais da Paraíba sobre resposta à pandemia do covid-19 e encerramento do Selo UNICEF Conteúdo inclui orientações técnicas do UNICEF aos municípios na prevenção […]

+

Ações em parceria

by @administracao 14.04.2020

            Na quarta (08), a Casa Pequeno Davi realizou a distribuição das cestas básicas doadas pelo Governo do Estado, por meio  da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Humano.  Ao total […]

+

Segurança alimentar das famílias

by @administracao 01.04.2020

Nesse período em que as vulnerabilidades aumentaram, incluindo a econômica, o acompanhamento às famílias também tem sido no sentido de promover a segurança alimentar. A Casa Pequeno Davi está disponibilizando […]

+

Agradecer é preciso

by @administracao 26.03.2020

    É com imensa alegria que a Casa Pequeno Davi agradece o apoio de todas as pessoas que colaboraram com recursos financeiros para aquisição de caixas d’água para as […]

+
Google+