Google+
14.jpg

14453995_1184557624952324_885567021_o
H oje (27), a Casa Pequeno Davi lança a campanha Grito de Alerta que é apoiada pelo Criança Esperança. A campanha faz parte do Projeto que tem o mesmo nome e foi aprovado para os anos de 2016 e 2017, com abrangência aos municípios de João Pessoa e Conde. O lançamento vai acontecer às 15 horas, na sede da instituição, na Rua João Ramalho, Roger.

Na programação está prevista a apresentação das peças de comunicação que compõem a campanha, bem como apresentações culturais de crianças e adolescentes. O momento vai reunir representantes dos dois municípios que atuam na defesa e proteção dos direitos de meninas e meninas.

Projeto Grito de Alerta

O Grito de Alerta vai atender mais de 300 crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social e conflito, desenvolvendo habilidades sociais e culturais, como um vetor de paz e cidadania, com o apoio do Criança Esperança.

O foco do projeto é a prevenção à violência doméstica, maus tratos, abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes. O projeto tem como estratégia a realização de um conjunto de atividades interligadas que envolvem Crianças e adolescentes; Educadores (as); Familiares e comunidade; Organizações governamentais e não governamentais da comunidade e bairros circunvizinhos.

Por meio das ações do Projeto, a Casa Pequeno Davi busca o enfrentamento às diversas formas de violência sexual contra crianças e adolescentes. São oficinas de música, dança, coral, flauta, artes visuais, contação de história, teatro para desenvolver as diferentes linguagens artísticas, culturais e educacionais.

{ 0 comments }

Acesse o link e assine!
abaixo-assinado

A Casa Pequeno Davi, a Amazona e a Concern Universal Brasil, através do Projeto Cidadania, Comunicação e Cooperação para a Proteção de Crianças e Adolescentes da Cidade de João Pessoa – cofinanciado pela União Europeia – o qual tem o objetivo de contribuir para o melhor funcionamento do Sistema de Garantia de Direitos (SGD) e maior proteção de crianças e adolescentes, realizou em sua primeira fase um diagnóstico dos Conselhos Tutelares de João Pessoa.
Com o objetivo de contribuir com as informações e influenciar as discussões e proposições de ações e programas para assegurar o direito à proteção das crianças e adolescentes de João Pessoa, e para o fortalecimento e articulação do SGD, o Diagnóstico mostrou os entraves e potencialidades na resolutividade dos casos de violências e violações dos direitos de crianças e adolescentes de João Pessoa.

Para apresentação do diagnóstico, em Maio/2016 foi realizado um Seminário Municipal sobre as Ações de Enfrentamento as Violações Contra Crianças e Adolescentes a partir dos Conselhos Tutelares da Cidade de João Pessoa. No mesmo, apresentou-se dados e informações do diagnóstico, abrindo discussões com os atores presentes, logo depois, encaminhou-se a formação de Mini Foruns Temáticos, sendo eles: Ação voltada para a vítima; Contrarreferencia; Fluxograma de atendimento; Papel de cada instituição diante das violações dos direitos de crianças e adolescentes; Resolutividade dos casos.

Destes grupos foram apresentadas propostas de ações e recomendações para os organismos e serviços que compõem o Sistema de Garantia de Direitos.

1 – Todos os atores do SGD que receberem demanda da Rede devem oficializar, através de documentos, os encaminhamentos e monitoramento dos casos;
1.2 Rever a burocratização dos serviços específicos (Programa de Proteção de Crianças e Adolescentes ameaçados de Morte – PPCAM e o Programa de proteção a Vida – PPVIDA) para os casos de crianças e adolescentes ameaçados/as de morte.

2. Capacitação e Formação continuada para Conselheiros/as, Equipe Técnica e Administrativa.

3. Ciclos de Formação para todo o SGD sobre: – O fluxo dos atendimentos; Tipificação e nivelamento da identificação das violências/violações; Ética e importância do sigilo das informações; Retomada da discussão do depoimento sem dano; O papel de cada órgão/serviço/instituição dentro do SGD; Temática da letalidade dentro dos espaços de discussão que compõe o SGD; entre outros.

4. Atualização e elaboração de instrumentos (inserir dados), de controle e arquivo de processos dos conselhos tutelares.
4.1. Criação de um guia com os fluxos de atendimentos para profissionais e um resumido para a população.

5. Fortalecer a articulação e a formação com as redes locais – nos territórios dos cts;

6. Auxiliar o CMDCA na elaboração da peça no ciclo orçamentário;

7. Promover ação civil pública, em decorrência de não cumprimento do Termo de Ajustamento de Condutas (TAC), firmado em 2012.

8. Operacionalizar o Sistema de Informação para a Infância e a Adolescência – SIPIA.

João Pessoa, setembro de 2016

{ 0 comments }

dscn8386

P or meio da articulação com as empresas locais, a Casa Pequeno Davi tem buscado vagas para inserir, no mercado os jovens que participaram dos cursos Té é um dos focos das ações com adolescentes do Projeto “Exploração Sexual de Adolescentes e Jovens: faça um gol contra”, que tem o patrocínio da Petrobras. Com esse objetivo o diálogo com as empresas de João Pessoa tem sido o primeiro passo. De modo que esse diálogo foi iniciado para abrir possibilidades aos jovens participantes dos cursos profissionalizantes.
Durante a execução do Projeto mais de 140 jovens foram capacitados nos cursos profissionalizantes de Turismo e Hotelaria, Técnico em Operações Administrativas, Serigrafia Digital, Manutenção de Computadores, Manicure e Pedicure, Unhas em Gel e Cabeleira.

dscn8390Articulação com as empresas
As visitas de articulação às empresas para viabilizar o acesso dos jovens ao mercado de trabalho tem tido uma boa receptividade, especialmente na área dos serviços de beleza, área em expansão no mercado formal e informal.
A boa receptividade para a apresentação do projeto e dos jovens que concluíram os cursos tem sido positiva devido o trabalho desenvolvido pela Casa Pequeno Davi há 31 anos em João Pessoa.

dscn0975Sobre o Projeto
O Projeto desenvolvido pela Casa Pequeno Davi, Centro da Mulher 8 de Março e Concern Universal tem como objetivo ‘Mobilizar a sociedade, gestores públicos, organizações sociais de defesa dos direitos de crianças, adolescentes e jovens, trade turístico, operadores do Sistema de Garantia de Direitos, lideranças juvenis e mídia para o combate a exploração sexual de adolescentes e jovens, com estratégias e ações integradas de proteção e garantia de direitos’.

{ 0 comments }

Ação social no Roger

by @administracao 16.09.2016
Thumbnail image for Ação social no Roger

A  Casa Pequeno Davi recebe mais uma vez a Faculdade Internacional da Paraíba (FPB) para a V Campanha de Responsabilidade Social na comunidade. A ação será realizada no sábado (17) […]

+

Campanha ‘Torça Contra’ ganha visibilidade nacional

by @administracao 01.09.2016

N o período das Olimpíadas do Rio de Janeiro, a campanha permanente do Projeto “Exploração Sexual de Adolescentes e Jovens: Faça um Gol Contra”, patrocinado pela Petrobras ganhou visibilidade nacional. […]

+

4ª Feira da Cidadania do Roger e Varadouro

by @administracao 26.08.2016

H oje (26), com o tema “Dignidade nas diversidades: pelas crianças e adolescentes”, a Rede de Proteção Integral à Criança e ao Adolescente do Roger/Varadouro promove a 4ª Feira da […]

+

Banda ADZ lança campanha e beneficia ação da Casa Pequeno Davi

by @administracao 19.08.2016

N a próxima segunda-feira (22) a banda ADZ Abrados Zoio lançará oficialmente nas redes sociais do grupo, por meio da internet, uma campanha de financiamento coletivo com a finalidade de […]

+

Municípios avaliam impacto do Projeto ‘Todos Contra’

by @administracao 26.07.2016

C om o objetivo de avaliar as ações e os impactos do Projeto ‘Exploração Sexual de Adolescentes e Jovens: Faça um Gol Contra’ patrocinado pela Petrobras, a Casa Pequeno Davi […]

+

Oficina para discutir enfrentamento à violência sexual

by @administracao 02.07.2016

C om o objetivo de aprofundar e discutir ações de enfrentamento à violência sexual contra crianças e adolescentes, o Centro de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente – […]

+

Cultura e educação na Casa Pequeno Davi contra a violência doméstica

by @administracao 01.07.2016

Uma manhã de arte e cultura na programação do Dia da Esperança   N este sábado, 02 de julho, a Casa Pequeno Davi promove uma ação cultural com música e […]

+
Google+