Google+
18.jpg

O Projeto Tecendo Uma Cultura de Paz na Escola, em sua segunda edição, tem contemplado a realização de oficinas de arte educação para os alunos e alunas das escolas que participam das ações do Projeto que tem o apoio da Fundação San Zeno,  executado pela Casa Pequeno Davi e Rede Margaridas Pró-Crianças e Adolescentes.,e parceria com as redes locais Crer Ser (Cristo/Rangel) Amiga da Ilha (Ilha do Bispo) e Roger e Varadouro.

Os meses de setembro e outubro de 2019 foram dedicados às 128 oficinas de arte educação com a participação de 200 adolescentes de 08 escolas públicas do município de João Pessoa. Segundo Luciana Cândido, coordenadora do Projeto, a proposta é para que por meio da arte, alunos e alunas, possam expressar e disseminar informações sobre cultura de paz, democracia, participação e cidadania, usando as diferentes expressões: dança, teatro, fotografia e grafite. “Expressões escolhidas pela meninada para as apresentações no Festival de Arte e Cultura de Paz, a ser realizado no dia 06 de novembro, na Usina Cultura Energisa, momento de culminância e celebração do Projeto”, explicou Luciana.

O Festival de Arte e Cultura de Paz  faz parte da culminância  do Projeto. Será  o momento dos  alunos e alunas de 08 escolas públicas  envolvidos no Projeto apresentarem o que aprenderam sobre cultura de paz  por meio da dança, do teatro, da fotografia, do grafite e de vídeo. O evento acontece das 13h30 às 16h30.

Desde a primeira edição, são várias as estratégias trabalhadas pelo Projeto no intuito de refletir sobre a cultura de paz. “A inovação em arte e cultura instiga a participação, estimula o protagonismo e envolve a meninada”, concluiu a coordenadora do Projeto.

 

 

Sobre o Tecendo uma Cultura de Paz na Escola

O Projeto Tecendo uma Cultura de Paz na Escola com o apoio da Fundação San Zeno (Itália) está em sua segunda edição desenvolvendo um conjunto de ações em três territórios de João Pessoa, na Paraíba – Varadouro e Roger, Cristo e Rangel e Ilha do Bispo. É desenvolvido pela Casa Pequeno Davi e Rede Margaridas Pró-Crianças e Adolescentes, em parceira com as redes de proteção à criança e ao adolescente Rede Crer Ser, Rede Amiga da Ilha e Roger/Varadouro.

 

{ 0 comments }


Encontros acontecem em 4 polos regionais e reúnem gestores de 169 municípios inscritos no Selo UNICEF

A melhoria de políticas públicas de saúde para crianças e adolescentes da Paraíba será o foco dos encontros entre gestores e técnicos municipais de saúde com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) e parceiros locais. As formações acontecerão desta segunda (21) a sexta-feira (25), envolvendo 169 municípios paraibanos, como parte da iniciativa Selo UNICEF. Estratégias para interiorização de crianças e adolescentes migrantes também farão parte da agenda.
Entre os temas abordados nos encontros estão iniciativas de desenvolvimento integral da primeira infância, de melhoria do estado nutricional, a partir da prevenção da desnutrição ou do peso alto em meninas e meninos, de garantia dos direitos sexuais e direitos reprodutivos dos adolescentes, entre outros.
No encontro, as equipes do UNICEF apresentam metodologias e material de apoio, e os participantes avaliam estudos de caso visando compartilhar suas experiências e buscar melhorias das políticas públicas. A Paraíba é um dos 18 estados com municípios participantes do Selo UNICEF – são 1.924 municípios na atual edição (2017-2020), distribuídos na Amazônia e no Semiárido.

Agenda do 5º Ciclo de Capacitação do Selo UNICEF na Paraíba:

Polo João Pessoa –  Auditório da Fundação Centro Integrado de Apoio à Pessoa com Deficiência-FUNAD, Rua Dr. Orestes Lisboa, s/n. Pedro Gondim. Das 8h30 às 16h.  Segunda, 21 de outubro, das 8h30 às 16h.

Polo Campina Grande – Auditório da OAB, Rua Vig. Calixto, 945 – Catolé – Campina Grande. Terça e quarta, 22 e 23 de outubro, das 8h30 às 16h.

Polo Pombal – Auditório da Secretaria de Educação de Pombal, Rua Manoel Pires de Sousa – Centro.  Quinta, 24 de outubro, das 8h30 às 16h.

Polo Patos – Auditório do Sebrae, Rodovia BR 230, s/n, Patos.  Sexta, 25 de outubro, das 8h30 às 16h.

 

Situação no Brasil
Nas duas últimas décadas, o Brasil se destacou por reduzir significativamente a mortalidade infantil (até 1 ano) e na infância (até 5 anos). No entanto, em 2016, pela primeira vez em 26 anos, essas taxas cresceram. E, desde 2015, as coberturas vacinais – que vinham se mantendo em patamares de excelência – entraram em uma tendência de queda. Outro desafio é que os avanços não alcançam todos.
A desnutrição infantil ainda é um grave problema, a exemplo de populações indígenas, sendo uma das principais causas básicas de morte. Também relacionada à má nutrição está a obesidade em todo o país. O aumento no consumo de alimentos ultraprocessados, ricos em gordura, sal e açúcar e com baixos teores de vitaminas tem comprometido a saúde de crianças e adolescentes.

Confira dados da Paraíba e do Brasil

• No Brasil, 360 mil crianças foram notificadas como peso alto, em 2018, correspondendo a 7,5% das meninas e meninos com menos de 5 anos em todo país e 10% das crianças paraibanas, equivalente a 29 mil meninas e meninos com peso alto (Sisvan)
• 4,1% das crianças menores de 5 anos tinham registro de peso baixo para a idade, em 2018, no Brasil, representado por quase 196 mil meninas e meninos. Na Paraíba, o índice foi de 3,2% (Sisvan)
• Dos 2,8 milhões de nascidos vivos em todo Brasil, em 2017, 450 mil bebês (16%) nasceram de mães com idades entre 15 e 19 anos e quase 22 mil (0,8%) de meninas com 10 a 14 anos. Na Paraíba, os índices foram, respectivamente, de 17% e de 1%, somando 10 mil bebês (Sinasc)
• 89% das gestantes com sífilis realizaram tratamento adequado, em 2018, no Brasil. O mesmo índice vale para a Paraíba (MS)
• A taxa de crianças de 1 ano com cobertura adequada para a tríplice viral D1, em 2018, foi de 91% no Brasil. Na Paraíba esse índice foi de 96% (MS)
• 84% dos 35.506 óbitos infantis ocorridos no Brasil, em 2017, foram investigados. Na Paraíba, a investigação foi realizada em 94% dos casos, correspondendo a 717 mortes (SIM-Datasus)

O Selo UNICEF
A Edição 2017-2020 do Selo UNICEF conta com a participação de 1.924 municípios que assumiram, junto ao UNICEF, o compromisso de implementar políticas públicas para redução das desigualdades e garantir os direitos das crianças e dos adolescentes previstos na Convenção sobre os Direitos da Criança e no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

A experiência com as edições anteriores comprova que os municípios certificados com o Selo UNICEF avançam mais na melhoria dos indicadores sociais do que outros municípios de características socioeconômicas e demográficas semelhantes que não foram certificados ou participaram da iniciativa. Mais informações sobre o Selo UNICEF em www.selounicef.org.br.

Sobre o UNICEF
O Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) promove os direitos e o bem-estar de cada criança em tudo o que faz. Com seus parceiros, trabalha em 190 países e territórios para transformar esse compromisso em ações concretas que beneficiem todas as crianças, em qualquer parte do mundo, concentrando especialmente seus esforços para chegar às crianças mais vulneráveis e excluídas. Visite www.unicef.org.br.

Fonte: Assessoria de Comunicação UNICEF

{ 0 comments }

Festival das Juventudes, arte e cultura será realizado em Cabaceiras, conhecida como a holiúde nordestina

De 11 a 13 de outubro, será realizado em Cabaceiras (PB), o Festival das Juventudes, com o lema: Arte e Cultura e tema: participação social, protagonismo e autonomia juvenil. O evento vai acontecer na Escola Abdias Aires e a estimativa é reunir 400 jovens, sendo (300 da Paraíba e 100 do Ceará).

A finalidade será realizar um Festival de Juventudes para afirmar o protagonismo e autonomia juvenil com a perspectiva de motivar as juventudes para a participação social, subsidiando-as para as incidências políticas, conquistas sociais e de espaços de representação do segmento geracional, ou seja, fortalecer os mecanismos que garantam a implementação e monitoramento dos direitos das juventudes.

O festival é um evento de culminância de diferentes expressões culturais – teatro, música, dança – da juventude das regiões da Borborema, Zona da Mata e Sertão (Paraíba) e Cariri e Centro Sul (Ceará) com objetivo de disseminar a campanha ‘Quando o Povo Se Junta o Poder Se Espalha’, uma das ações do Projeto ‘Organizações da sociedade civil do Nordeste incidindo sobre mecanismos de participação e controle social para a efetivação de políticas públicas’, desenvolvido através da parceria da Casa Pequeno Davi (João Pessoa/PB) com as organizações Rede de Educação Cidadã (Recid), Instituto Frei Beda de Desenvolvimento Social , com atuação no Sertão paraibano, ONG Menina Feliz, que atua em Campina Grande e a United Purpose (ONG – representação internacional), com co-financiamento da União Europeia. As juventudes que participarão serão assentados/as da reforma agrária, quilombolas, indígenas, agricultura familiar, cultura e periurbanos.

“É importante as juventudes afirmarem seus espaços de participação, suas expressões, identidades e diversidades. Historicamente os jovens tem sacado as necessidades e os momentos para as transformações sociais em prol de sociedades mais justas, igualitárias e menos intolerantes. Quando precisam oferecem a cara para garantir seus propósitos”, afirma Ronildo Monteiro, coordenador do Projeto.
Sobre o papel do projeto para o segmento juventude, Ronildo acrescenta: “Nós estamos presentes, apoiando trabalhos e iniciativas em várias comunidades rurais e urbanas, bairros, grupos, e as juventudes apresentam essas demandas, esses desejos. O festival traz esses desejos das juventudes, para afirmarem seus espaços de participação social”.

 

PROGRAMAÇÃO

SEXTA FEIRA – 11/10/2019
15h – Credenciamento
17h30 – Acolhida Cultural
18h – Jantar
19h – Mística de Abertura com cada microrregião
20h – Abertura do Festival
23h30- Descanso

SÁBADO – 12/10/2019
07h- Café (OBS: ver equipe comunicação Rádio Cultural/fofoca/fuá)
08h- Mística
08h30- Ouvindo as Juventudes – O Chão que Pisamos
•Feminicídio;
•LGBT Fobia;
•Extermínio da Juventude Negra;
•Autonomia Juvenil e Relações de Poder;
•Participação Juvenil e Políticas públicas;
•Identidade Camponesa;
10h30 – Lanche e Apresentação Cultural
11h – Plenária das Juventudes
12h30 – Almoço
14h- Plenária Cultural
15h30- Lanche
16h- Preparação Cortejo
16h30 Cortejo (Poste Poesia, Sinalizar a Cidade, Marcar, Batucada …)
19h – Jantar
20h – Festival Cultural (Shows)

DOMINGO – 13/10/2019
09h – Mística
09h15 – Plenária – Política Nacional das Juventudes (Ganhos e Percas)
10h – Diálogos por Estado (Diálogos sobre organização e articulação de juventudes em nível estadual)
11h – Diálogo com autoridades do CE e PB

{ 0 comments }

Campanha “Presente Que Muda o Mundo – Energia Renovável”

by @administracao 20.09.2019
Thumbnail image for Campanha “Presente Que Muda o Mundo – Energia Renovável”

A Casa Pequeno Davi iniciou a Campanha “Presente Que Muda o Mundo – Energia Renovável” com o objetivo de conseguir implantar o sistema de energia solar na instituição. Por ano, […]

+

Casa Pequeno Davi participa de evento sobre Agenda 2030

by @administracao 11.09.2019

A Casa Pequeno Davi participou do “Seminário Avanços e desafios na implementação da agenda 2030: o papel dos diferentes atores” promovido pela Delegação da União Europeia no Brasil, nesta terça-feira […]

+

Encontro Estadual de Adolescentes do Selo UNICEF

by @administracao 04.09.2019
Thumbnail image for Encontro Estadual de Adolescentes do Selo UNICEF

Adolescentes usam Design Thinking para discutir políticas públicas N esta terça-feira (03), Campina Grande recebeu meninas e meninos de 80 municípios paraibanos para o Encontro Estadual de Adolescentes do Selo […]

+

Resultado Termo de Referência para avaliação externa

by @administracao 26.07.2019

Prezados/as, Conforme anunciamos estamos divulgando o resultado da análise das propostas para avaliação externa do Projeto: ‘Organizações da sociedade civil do Nordeste incidindo sobre mecanismos de participação e controle social para […]

+

Casa Pequeno Davi é selecionada pelo Programa Missão em foco 2019 da Fundação Itaú Social

by @administracao 05.07.2019
Thumbnail image for Casa Pequeno Davi é selecionada pelo Programa Missão em foco 2019 da Fundação Itaú Social

Após um processo de seleção pela Fundação Itaú Social, que passou pelas seguintes etapas: entrevista, preenchimento de um formulário e visita técnica, juntamente com organizações das cinco regiões do país […]

+

Termo de referência para avaliação externa de projeto

by @administracao 12.06.2019
Thumbnail image for Termo de referência para avaliação externa de projeto

A Casa Pequeno Davi divulga TERMO DE REFERÊNCIA – CONTRATAÇÃO DE AVALIAÇÃO EXTERNA para avaliação externa do Projeto: Organizações da sociedade civil do Nordeste incidindo sobre mecanismos de participação e […]

+

UNICEF capacita municípios paraibanos sobre prevenção de violência contra crianças e adolescentes

by @administracao 20.05.2019

Gestores de 169 municípios recebem, na Paraíba, formação sobre prevenção de homicídios na adolescência, racismo, atendimento a crianças vítimas de violência e medidas socioeducativas Equipes do UNICEF e parceiros reúnem-se […]

+
Google+