Buscar
  • joelma633

Mulheres iniciam capacitação em informática básica e discutem plano de negócios


Representação de dois grupos de mulheres iniciando o curso de informática na microrregião da Borborema, para subsidiá-las na gestão das iniciativas de produção e na comercialização remota. A mesma ação contemplou as mulheres marisqueiras de Acaú, em Pitimbu, microrregião Zona da Mata. Uma ação do Projeto 'Promoção de autonomia e geração de renda por organizações solidárias de mulheres na Paraíba', realizado pela Casa Pequeno Davi em parceria com a United Purpose e a Rede de Educação Cidadã – RECID, com o cofinanciamento da Rede Estratégia EODS e da União Europeia.


Esta ação ainda vai beneficiar outros grupos do Projeto. Atualmente, na Borborema estão contemplados os grupos: Clube de Mães Sagrada Família e Laura Creatore e participarão também Cooperativa Mulheres em Ação e 'Plantando Vidas e Colhendo Dignidade'. Na Zona da Mata está contemplada, no momento, a Associação de Marisqueiras de Acaú, posteriormente farão o curso os grupos: Negras do Campo, Construindo Sonhos e Boa Esperança.


Plano de negócios em pauta


Realizada no último dia 14 de julho, a primeira oficina da Zona da Mata com a representação dos grupos de mulheres: Boa Esperança, Construindo Sonhos, Associação de Marisqueiras de Acaú, Negras do Campo e os grupos acompanhados pela organização parceira Cunhã Coletivo Feminista: Marinas do Abiaí e Duá, com a participação de 12 mulheres. Na Borborema a primeira oficina com esse tema aconteceu nesta quarta (21).


Esses processos de formação estão sendo assessorados por Sandro Gomes, economista e com vasta experiência em consultoria de empreendimentos econômicos populares e solidários.



As oficinas dos planos de negócios cumprem uma das metas do projeto, com a perspectiva de aprimorar as iniciativas produtivas e qualificar os empreendimentos solidários, aprofundando os aspectos de oportunidades, potencialidades e viabilidades, prospectando o futuro.


Serão 2 oficinas em cada microrregional (Zona da Mata e Borborema), com a representação dos 08 grupos de mulheres acompanhadas pelo projeto e mais 03 grupos de mulheres acompanhados pela Cunhã Coletivo Feminista. A meta inicial é elaborarmos 04 planos de negócios com essas atividades e encaminharmos os outros agrupamentos.

22 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo