Buscar
  • joelma633

Mulheres recebem apoio para trabalhar autonomia e geração de renda


A Casa Pequeno Davi em parceria com a United Purpose e a Rede de Educação Cidadã – RECID, com o cofinanciamento da Rede Estratégias EODS e da União Europeia está desenvolvendo o Projeto: Promoção de autonomia e geração de renda por organizações solidárias de mulheres na Paraíba.


Oficina sobre saúde mental em tempo de pandemia

Associação de Marisqueiras de Acaú-PB



As atividades desse projeto contribuem com o fortalecimento de iniciativas de atividades produtivas por organizações solidárias de mulheres nas microrregiões da Zona da Mata e da Borborema na Paraíba, sendo 04 grupos na região da Borborema:Grupo de Mulheres Plantando Vida Colhendo Dignidade (Distrito de São José da Mata- Campina Grande); Clube de Mães Sagrada Família(Campina Grande); Cooperativa Mulheres em Ação (Campina Grande) e Grupo de Mulheres Laura Creatore (Pocinhos). Esses grupos produzem: artesanatos, composto alimentar, hortaliças e plantas medicinais para fins de segurança alimentar e geração solidária de renda.


Clube de Mães Sagrada Família (Campina Grande/PB)



E 04 grupos na Zona da Mata/PB: Boa Esperança (Jacaraú);Construindo Sonhos(Itabaiana); Associação de Marisqueiras de Acaú/PB (Pitimbú); e Associação Negras do Campo (Conde). Esses grupos produzem alimentos baseados na agricultura familiar, massas e salgados de raízes de produtos locais (batata doce, inhame, mandioca), as mulheres extrativistas do marisco beneficiam o marisco para a venda in natura e confeccionam trabalhos manuais e artesanatos com derivados do marisco.


Os 08 grupos foram beneficiados, através desse projeto, com computadores (01 para cada grupo). Será realizado um curso de informática básica para lideranças dos grupos e essas lideranças irão multiplicar o aprendizado com as demais integrantes dos seus grupos. O intuito é equipar os grupos para uma melhor gestão e potencializar a comunicação, sobretudo em tempo de pandemia que tem exigido outras formas de realização das atividades, que vem dando-se de forma híbrida, ou seja, remotas e presenciais, quando possível. É uma oportunidade também de viabilizar novos espaços de comercialização à distância para os empreendimentos econômicos e solidários através de ferramentas e recursos de vendas online. Nesse sentido está previsto formação para que as mulheres possam fazer uso dessas ferramentas.

Associação Negras do Campo (Conde/PB)


Outro aspecto importante que está sendo abordado com as mulheres diz respeito aos agravos na saúde mental no contexto pandêmico, destacando que a saúde mental da população mais vulnerável economicamente, é pouco visibilizada, e não é garantida como direito básico à saúde, é a partir desse entendimento que está sendo promovido um momento de acolhimento e escuta sobre as angústias das mulheres, público desse projeto.

As mulheres vêm atravessando a pandemia que é alarmante, e revela-se um cenário de violências, seja contra elas, sejam contra suas crianças; o desespero do desemprego e as dificuldades de garantirem às crianças o aceso às aulas remotas, além dos acometimentos na saúde física e mental, revelam a urgência de garantir espaço de acolhimento e acesso aos direitos fundamentais nessas comunidades.

18 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo