top of page

“O trabalho infantil que ninguém vê”


“O trabalho infantil que ninguém vê” é o tema deste ano da campanha do 12 de junho, Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil. Invisibilidade é uma forma de violação a direitos.



O Brasil registrou um aumento de 7% nos casos de trabalho infantil, atingindo a marca de 1,9 milhão de crianças e adolescentes em situação se trabalho infantil, dos quais 756 mil em suas piores formas (IBGE-Pnad Contínua, 2022). E o número tende a ser ainda maior, considerando que a pesquisa não abarca o trabalho infantil em situações como a mendicância, o comércio ambulante, o comércio de drogas e a exploração sexual.


A naturalização do trabalho infantil contribui para a perpetuação de um ciclo de pobreza e exclusão. Enxergar o trabalho infantil como uma violação a direitos é o primeiro passo para a garantia da proteção integral e do pleno desenvolvimento biopsicossocial das mais diversas infâncias e adolescências brasileiras que seguem excluídas e invisibilizadas.


O trabalho infantil que ninguém vê, uma campanha do FNPETI, MPT, MTE, OIT e TST. Vamos transformar nossos compromissos em ação!


Em caso de trabalho infantil, denuncie: Disque 100 ou acesse www.mpt.mp.br e ipetrabalhoinfantil.trabalho.gov.br.”



*Repost Instagram Ministério Público do Trabalho na Paraíba (MPT/PB)

10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


bottom of page