Buscar
  • joelma633

"Um gol pela cidadania"

A Casa Pequeno Davi inicia o ano de 2022 fechando uma importante parceria que vai contribuir com “gols” essenciais na defesa dos direitos das crianças e adolescentes participantes da organização.


O Projeto 'Um Gol pela Cidadania' tem a parceira da empresa RTE BETTING MASTER, especializada em consultoria em trade esportivo, através do empresário Rodrigo Pereira, que assinou o contrato no último da 20 de janeiro.

O objetivo do Projeto é oportunizar a 100 meninas entre 12 e 17 anos a prática esportiva de voleibol e futebol, como possibilidade de inclusão social e empoderamento feminino, visando o pleno desenvolvimento físico e mental. E essa ação estará alinhada ao desenvolvimento de formação cidadã em direitos humanos de crianças e adolescentes com ênfase na sexualidade e foco na valorização e respeito das comunidades LGBTQI+.


Nesse sentido, corrobora com as metas previstas na plataforma da Agenda do Desenvolvimento Sustentável/2030: a) alcançar crianças e adolescentes que são excluídos/as das políticas públicas; b) influenciar para melhorar a qualidade das políticas públicas existentes para crianças e adolescentes; c) prevenir e enfrentar as formas de extrema violência contra crianças e adolescentes; e d) promover a participação da comunidade, especialmente dos/as adolescentes nos diversos processos políticos.


Segundo o empresário e parceiro Rodrigo Pereira esse ato demonstra a sensibilidade para o cuidado e concretiza seu desejo que é possibilitar que crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade tenham acesso a atividades esportivas, considerando a importância destas como elemento importante no desenvolvimento físico da criança.


"Nos tranquiliza saber que estamos fechando uma parceria com uma organização respeitável e responsável naquilo que faz, a defesa dos direitos de crianças e adolescentes. A empresa reconhece e tem trazido para sua prática cotidiana o trabalho de promoção social como meta, acreditando numa sociedade onde todas as pessoas possam ter acesso aquilo que lhes permite ser feliz”, explica Rodrigo.

O esporte potencializa o desenvolvimento de habilidades para a vida, como autoestima, liderança, além de conhecimento sobre o próprio corpo e sobre direitos. Investir na liderança de meninas, e mulheres jovens e das comunidades LGBTQI+, por meio do esporte e da formação humana colabora para modificar percepções, atitudes e comportamentos que causam ou justificam o desrespeito, a intolerância e a violência.


O trabalho de formação partirá da realidade social em que as meninas estão inseridas, será fomentada a socialização dos saberes os conhecimentos prévios, trabalhando numa perspectiva dialógica, com estímulo à fala e participação de todas no processo pedagógico. As ações serão intercaladas entre atividades esportivas com apoio do/a educadoras de futebol/vôlei e atividades formativas com educador/a especialista na área de direitos humanos, direitos sexuais e direitos reprodutivos de crianças e adolescentes, através de oficinas temáticas. O Projeto terá um período de um ano e atingirá três públicos: 100 adolescentes do sexo feminino, 40 familiares e 30 integrantes de Redes de Proteção de Crianças e Adolescentes.


Nossas boas vindas e agradecimentos à Empresa RTE Bebetting Master nesta e em outras parcerias que possam vir a contribuir com o desenvolvimento integral das crianças e adolescentes.

93 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo